© 2019 Construção Enxuta

  • Ícone preto do Facebook
  • Ícone preto do Instagram
  • nerozanotti

#2 Princípio da Construção Enxuta


Este princípio parece óbvio e de cumprimento automático, mas a realidade não mostra isso. Processos de transformação não são geradores de valor por si só, o que de fato gera valor é cumprir os requisitos do cliente.


O que é cliente? E o que é um requisito do cliente?


Primeiro vamos definir o que é cliente. Para todas as atividades na construção, nós temos sempre dois tipos de clientes.

  • Cliente interno: é o responsável pela execução da atividade seguinte. Ou seja, o cliente da equipe de carpinteiros que está executando o fôrma é a equipe de armação. O cliente da equipe de armação, é a equipe de concretagem. Os clientes da equipe de concretagem são as equipes de fôrma e de alvenaria, e assim vai.

  • Cliente externo: é o cliente final, aquele que receberá o empreendimento. Importante notar que ele pode ser o empreendedor (dono) ou o usuário, ou até mesmo os dois.

requisito é um conjunto de valores que o cliente final deseja que seu empreendimento tenha. Hoje em dia, um requisito muito comum é que os empreendimentos sejam sustentáveis, tanto na construção quanto no uso. Outro requisito comum é que o empreendimento cause baixo impacto social durante a sua implantação. Mas também pode ser questões de desempenho: porcentagem de disponibilidade de energia, capacidade de tratamento de água, baixa manutenção, e etc.


Enquanto que para os clientes internos, os requisitos podem ser diversos. A equipe de concretagem quer que a laje não tenha sujeira, para evitar problemas na concretagem. Portanto, exige que os carpinteiros e armadores evitem sujar com restos de madeira e arame. Para a equipe de escavação, o requisito é que a área esteja isolada, evitando acidentes.


No entanto, por causa do excessivo foco em controlar os custos de cada atividade e não o custo global na industria da construção, as necessidades dos clientes muitas vezes são colocadas em segundo plano. Como consequencia desta prática, não-conformidades e defeitos surgem e geram mais desperdícios aos processos.


Então, como eu faço para aumentar o valor agregado?


A forma mais simples de cumprir com este principio da Construção Enxuta é mapear o processo de construção identificado os clientes internos e externos e seus requisitos. Cumprir os requisitos dos cliente muitas vezes não está ligado a custos.


No exemplo anterior, a equipe de concretagem precisa de uma laje limpa para concretar, sendo assim, evitar sujeira durante as etapas de fôrma e armação cumprem este requisito, sem custo. Isolar a área para a equipe de escavação também não tem custo. No entanto, aumentar o valor agregado também pode exigir investimentos.


Imagine antecipar a entrega de um ponto comercial ou de uma industria. Claramente isso agrega valor ao cliente, afinal pode faturar mais cedo. Portanto, ações que antecipem a obra resultam em maior valor agregado pois um requisito do cliente era o cumprimento da data, e, ao antecipar, existe uma entrega adicional de valor agregado.


Entretanto, o jeito mais eficiente de aumentar o valor agregado através do cumprimento sistemático dos requisitos do cliente é trabalhar o aumento do VA na etapa de projeto. Mas este é um assunto para um próximo post.


Fique ligado nas novidades do site para não perder nada. Em breve postarei mais sobre os 11 princípios da Construção Enxuta.


#construçãoenxuta #leanconstruction #construção #engenharia #engenhariacivil #obra

35 visualizações